Saiba como fazer um controle de qualidade de cargas

Pacotes e paletes que entram e saem, contêineres cheios de insumos e produtos. Se sua empresa trabalha com cargas, você não só conhece esse cenário, como busca uma maneira de realizar o controle de qualidade desses materiais.

A verdade é que, hoje em dia, as soluções para realizar esse trabalho avançaram bastante. Agora, é possível garantir a precisão do controle sem, para isso, desperdiçar tempo e esforço, ganhando agilidade e eficiência.

Para que essa seja a realidade do seu negócio, é necessário investir em inspeções inteligentes, que proporcionem precisão sem prejudicar o andamento do processo. Quer saber mais sobre como realizar um controle de qualidade de cargas dessa maneira? Basta continuar lendo este artigo.

Afinal, o que é um controle de qualidade de cargas?

Para empresas que dependem da existência de um estoque de produtos, fazer um controle de cargas adequado é fundamental. As entradas e saídas de insumos precisam ser realizadas com muita atenção, já que qualquer divergência pode significar grandes prejuízos.

Nesse sentido, o controle de qualidade aparece como uma maneira de aumentar a precisão e a eficiência do processo. Se realizado, ele permitirá que se garanta a conformidade das cargas, tanto em relação à sua integridade física quanto à sua conformidade fiscal.

Para realizar esse trabalho, é necessária uma série de procedimentos, como inspeções de cargas e verificação de documentos. Essas atividades devem ser realizadas tanto na entrada quanto na saída de cargas, o que também beneficiará o controle do estoque da empresa.

Como é possível fazer esse controle?

Apesar da verificação de documentos ser importante, a principal ferramenta para o controle de qualidade de cargas é a inspeção. Por meio dela, é possível verificar as características e quantidades de insumos, assegurando que eles estejam de acordo com os pedidos.

No caso de empresas e operações que estão expostas à entrada de itens perigosos (como os aeroportos), essa inspeção também é essencial. Isso porque realizá-la vai permitir identificar armas, substâncias ilícitas e outros objetos que ofereçam risco, garantindo a segurança do patrimônio e das pessoas presentes no local.

Por mais que a inspeção de cargas seja essencial, é preciso ter cuidado para que ela não sobrecarregue ou burocratize o processo. Para otimizar as operações da empresa, é necessário que essa atividade seja feita de maneira inteligente. Para isso, pode-se contar com soluções tecnológicas diversas, que atendem a diferentes necessidades de precisão, agilidade e segurança.

Um bom controle de qualidade de cargas proporciona quais benefícios para uma empresa?

Quando o controle de cargas de uma organização é adequadamente realizado, ele pode trazer muitos benefícios. Veja alguns deles:

  • controle preciso da entrada e saída de cargas;
  • correta arrecadação de impostos, já que a empresa terá domínio sobre os insumos que entram e saem de suas instalações;
  • mais facilidade no controle de estoque, sendo necessário apenas realizar verificações de rotina para garantir que não houve nenhuma perda ou roubo;
  • otimização dos processos de recebimento e saída de cargas, permitindo maior agilidade e precisão;
  • melhoria dos fluxos de processos internos da companhia, evitando a necessidade de retrabalhos ou atrasos decorrentes de cargas não conformes;
  • satisfação dos clientes internos e externos;
  • maior segurança para as cargas, a empresa e seus funcionários.

Todos esses aspectos vão permitir um melhor funcionamento dos processos como um todo, impactando de maneira positiva sobre a rentabilidade da empresa.

O que é indicado fazer para potencializar os resultados por meio de um bom controle de qualidade?

Para potencializar esses benefícios, a dica é contar com um processo de inspeção inteligente. Com isso, as falhas serão mínimas — garantindo um bom controle de qualidade daquilo que deve passar por uma inspeção.

Nesse sentido, uma boa alternativa é contar com soluções não intrusivas. Com elas, será possível evitar abrir e fechar cargas e manusear seus conteúdos. Isso representa um grande ganho no processo, diminuindo tempos de espera e otimizando as operações de entradas e saídas de cargas.

Quais ferramentas podem ajudar?

Na hora de realizar uma inspeção de cargas com o objetivo de promover um adequado controle de qualidade, a principal ferramenta utilizada é o raio X. Esse tipo de equipamento permite inspecionar um grande volume de cargas em pouco tempo, com ótimos resultados qualitativos e quantitativos.

Dentro dessa tecnologia, existem diversos equipamentos que podem ser utilizados de acordo com cada situação. Cargas podem vir de diversas formas, como em contêineres, caminhões, contidas em paletes ou dentro de caixas. Cada uma dessas opções vai exigir um diferente tipo de equipamento, o qual deverá atender às dimensões, peso e forma de manuseio e transporte de cada carga.

Independentemente do tipo de equipamento de raio X escolhido, ele sempre deverá atender ao objetivo final: promover uma alta produtividade à empresa. Com isso, será possível promover um alto valor agregado, o que permitirá obter um bom retorno do investimento realizado.

De que forma o raio X pode ajudar nesse processo?

Os equipamentos de raios X permitem a inspeção não intrusiva de cargas. Esse tipo de verificação possibilita um processo ágil, seguro e correto. Além disso, também permite registrar as imagens das cargas, processando-as e apurando-as em tempo real. Tudo isso permite garantir que as características da carga inspecionada estejam de acordo com o pedido, além de assegurar a sua integridade.

Cargas são ativos valiosos para as empresas que trabalham com elas. Por isso, todo investimento realizado em prol de sua segurança tem o potencial de se converter em ganhos para a organização. Qualquer erro ou divergência pode gerar importantes perdas financeiras — motivo pelo qual é necessário assegurar um adequado tratamento.

Nesse contexto, implantar um controle de qualidade de cargas pode ser a solução. Por meio desse processo, será possível garantir a segurança e a integridade das cargas, bem como o atendimento às características dos pedidos — tanto de entrada como de saída. Realizar uma inspeção inteligente é a melhor opção, já que permitirá que tudo seja feito com precisão e sem desperdícios de tempo ou esforço.

Tudo pronto para implantar um controle de qualidade de cargas na sua empresa? Esperamos que sim! Agora, ajude outras pessoas a otimizar seus processos compartilhando este artigo em suas redes sociais.

Últimas Postagens