Por que investir em um controle de acesso escolar na sua instituição

A segurança tem sido uma preocupação em diversos setores. Nas instituições de ensino, não deve ser diferente. Com a crescente violência das cidades brasileiras, é importante adotar medidas protetivas e implantar um controle de acesso escolar para restringir a entrada de pessoas estranhas no local.

Além de aumentar a segurança nas instituições, controlar o acesso pode ainda agregar valor a marca e a reputação da escola. Afinal, esse pode ser mais um dos diferenciais para a família levar em conta na hora de escolher onde seus filhos vão estudar. Ainda não se convenceu? Confira a seguir as principais vantagens da adoção de sistemas nesse modelo!

Restringe a entrada de estranhos

Monitorar o acesso de pessoas em instituições privadas e públicas é uma prática de segurança importante, inclusive nas escolas. Um controle com catracas ou cartões de proximidade, por exemplo, faz com que somente pessoas cadastradas e autorizadas possam adentrar no espaço — como professores, funcionários e estudantes.

Desse modo, reduz a chance de que desconhecidos acessem o local e pode evitar situações de violência, roubos de equipamentos e a ação de pessoas mal-intencionadas. Para ter ainda mais segurança, é interessante também que o sistema permita diferentes níveis de acesso.

Por exemplo, cartões de visitantes devem apenas conseguir acessar áreas de atendimento ao público, como diretoria, secretaria e financeiro. Assim, evita-se que estranhos circulem nos mesmos espaços que alunos.

Controla a frequência

Outra vantagem é que um sistema adequado pode auxiliar a escola a ter mais controle da frequência dos alunos, já que é possível saber os horários e as datas de acesso dos estudantes da instituição.

Isso pode ser até uma maneira de inibir os alunos de “matarem aula” ou saírem mais cedo do que o horário usual. Vale lembrar que a evasão escolar não só é prejudicial ao desempenho e desenvolvimento estudantil, como coloca em risco a integridade física dos estudantes, que ficam expostos na rua a diversos perigos como acidentes, furtos etc.

Agiliza o acesso dos alunos

Muitas escolas sofrem com congestionamento nas proximidades da instituição nos horários de entrada e saída dos alunos. Investir em um controle mais moderno também pode ser uma forma de reduzir esse problema, já que esse sistema facilita a entrada e saída dos estudantes com o uso de crachás ou biometria.

Ajuda a coletar dados

Um sistema de controle também serve para coletar dados sobre a frequência e hábitos dos estudantes. Com isso, os gestores e professores podem usar as informações para compreender as estatísticas da instituição e definir estratégias para diminuir a evasão, por exemplo.

Ademais, o registro da frequência faz com que não seja necessário realizar chamada em todas as aulas, além de poder ser utilizado como instrumento para questionar os responsáveis sobre as ausências e verificar possíveis problemas dos alunos.

Inibe a entrada de objetos ilícitos

Usar raios-X na segurança das escolas também é uma solução interessante. Com a inspeção de bolsas e mochilas com essa tecnologia, é possível restringir a entrada de objetos ilícitos, como drogas, materiais cortantes e armas. Assim, diminui-se os riscos para alunos e professores no ambiente escolar.

Por fim, vale lembrar que é importante buscar uma solução especializada na hora de escolher um controle de acesso escolar. De preferência, que seja integrado a outras soluções de segurança, como circuito de televisão (CCTV). Vale reforçar que um software personalizado não só ajuda a dar mais segurança, mas também dá mais credibilidade para a instituição perante os pais.

Quer ler mais conteúdos como este? Então, assine a nossa newsletter e fique bem informado!

Últimas Postagens