Saiba como elaborar um plano de segurança para grandes eventos

Realizar um grande evento não é uma tarefa simples, pois demanda tempo, organização e pessoal qualificado. Além desses fatores, também exige a preparação de um plano de segurança para que todos os detalhes estejam prontos no dia da realização.

A segurança das pessoas é o ponto principal e mais relevante para a realização de um evento, pois proteger os indivíduos que estão no local é obrigação dos organizadores. Assim, é necessário que o plano de segurança leve em conta diversos aspectos importantes como a localização, o público, os riscos do local, as tecnologias utilizadas etc.

Ficou interessado em saber como tornar um evento mais seguro por meio de um planejamento bem-feito? Veja a seguir as principais informações.

1. Analisar o tamanho e a estrutura do local

O local onde o evento será realizado é de extrema importância para a definição da melhor estratégia de segurança. Um local menor exige uma determinada limitação do número de pessoas e a escolha de modalidades de proteção diferentes de um espaço maior, com aumento da lotação e outros riscos.

Além disso, a estrutura que o local oferece deve ser observada. Você deve verificar, por exemplo, se as instalações elétricas e hidráulicas estão em boas condições, se há prevenção a incêndio, se tem alarmes, câmeras etc. A partir dessa análise é possível identificar o que precisa ser providenciado para melhorar o conforto e a segurança.

2. Identificar os principais riscos

Após a definição do local, é essencial uma avaliação dos riscos que são apresentados. Para que um plano de segurança seja bem realizado é preciso identificar os riscos internos e externos ao local em que o evento será realizado.

Internamente, deve-se conhecer com profundidade a infraestrutura do local para evitar sustos, especialmente sobre as entradas e saídas, abastecimento de água, carga elétrica suportada para instalação de sons ou aparelhos necessários, proteção em caso de chuvas, combate a incêndios e outros.

Quanto aos fatores externos, também é importante pesquisar informações sobre o bairro e as vias de acesso ao evento, a existência de estacionamento para veículos, bem como pontos de ônibus e táxis. Além disso, é importante verificar a localização de postos policiais, Corpo de Bombeiros e demais estruturas emergenciais e de serviços.

3. Obter as licenças e autorizações de uso do local

A produção de um evento depende de autorizações e licenças do Poder Público. Cada ente da federação — União, Estados e Municípios — tem uma legislação específica que precisa ser analisada e seguida. Por isso, é importante analisar as exigências impostas para providenciar a documentação necessária e apresentar ao setor responsável.

O alvará de autorização precisa ser solicitado para que o evento aconteça dentro das normas de segurança. Para tanto, é necessário observar o procedimento de cada cidade para definir de que forma o alvará será emitido.

Todavia, em muitos casos, não se exige apenas o alvará, mas também outras licenças e autorizações definidas em lei, como é o caso da lei geral de turismo, lei geral de acessibilidade e outros. Por isso, é importante procurar a prefeitura da cidade de realização do evento para ter acesso a todas as licenças que precisam ser solicitadas.

4. Implantar o controle de entrada e saída do local

Geralmente, grandes eventos contam com um fluxo enorme de entrada e saída de pessoas e esses momentos são cruciais pra manter a segurança e a ordem no local. Para organizar essa parte do evento, é relevante contar com uma equipe de apoio com profissionais bem preparados para promover o credenciamento e a checagem dos que entram e saem do local.

Podem ser utilizadas, por exemplo, pulseiras de identificação e ingressos personalizados para facilitar a conferência dos que foram convidados ou compraram o acesso ao local.

No entanto, contar com ferramentas tecnológicas pode ajudar muito. Os detectores de metal, por exemplo, evitam que convidados entrem ao evento portando armas de fogo, facas ou outros objetos cortantes que podem causar transtornos. Além disso, podem ser utilizados câmeras, alarmes, detectores de fumaça, raios x, entre outros.

5. Elaborar planos de contingência

Apesar de serem tomadas todas as medidas de segurança possíveis, podem acontecer situações de conflito que exigem a evacuação do local. Em virtude disso, a organização do evento precisa estar preparada para essas emergências.

Por isso, o plano de contingência deve ser elaborado de forma a prever procedimentos em casos de incidentes como tumultos generalizados, brigas, roubos, incêndios, vazamento de gás etc. Além disso, o local deve conter sinalização dos locais de saída em caso de emergência, dos extintores de incêndio e outras possibilidades que facilitem a dispersão do público e o consequente abandono do local, caso ocorram emergências mais graves.

6. Contratar uma equipe de segurança especializada em grandes eventos

A contratação de uma equipe especializada em segurança de grandes eventos é um fator essencial no planejamento. E essa escolha deve se basear nas referências dessa empresa, com análise da execução dos seus serviços em outros eventos, pois é ideal que tenha experiência consolidada na área e que tenha certificado expedido pela Polícia Federal.

Deve-se verificar se a empresa tem condições de lidar com o público-alvo do evento e a quantidade de profissionais que serão necessários, já que não se deve contratar um número inferior. Caso isso ocorra, o andamento do evento pode ser prejudicado, principalmente se ocorrer tumultos e desentendimentos que levem a brigas generalizadas ou até mesmo isoladas.

Além disso, a necessidade de equipamentos como detectores de metal, câmeras, alarmes, detectores de fumaça, rádios de comunicação etc, deve ser verificada com a empresa.

Desse modo, para organizar um grande evento, vale a pena estar atento à elaboração de um plano de segurança. Esse planejamento deve atender a todas as exigências necessárias para evitar a ocorrência de situações que coloquem em risco a vida das pessoas e, na eventualidade de algo acontecer, estar preparado para solucionar o problema. Assim, utilizar as novas tecnologias para detecção de objetos indesejados ou fiscalizar o que vai entrar no evento é primordial.

Entendeu como deixar o seu evento mais seguro? Deixe seu comentário sobre as principais tecnologias que você utiliza durante essas realizações.

Últimas Postagens