Como fazer uma boa segurança para eventos corporativos? Confira 9 dicas

Já imaginou ir a um evento corporativo e, por algum motivo, passar por uma situação que ameace a sua integridade física? Parece improvável, mas pode acontecer. Por isso, a segurança para eventos também deve ser considerada nesse tipo de situação.

O sucesso de um evento corporativo depende também de que ele aconteça sem nenhuma incidência. Além da integridade dos participantes, também está em jogo a reputação da empresa. Com as redes sociais e a velocidade que a informação circula, uma falha de segurança pode rapidamente gerar também uma crise de imagem.

Para evitar esse tipo de problema, o primeiro passo é ter um plano de segurança. Pensar e executar esse documento vai permitir analisar previamente os riscos aos quais o evento está exposto, além de definir quais equipamentos serão utilizados e determinar quais procedimentos a equipe de segurança deverá seguir.

Se a empresa possui um gestor de segurança privada, esse trabalho pode ser atribuído a ele. Preparado para ser a figura central em planos de segurança e acostumado aos processos da empresa, esse profissional poderá atender adequadamente às necessidades do evento.

Porém, independentemente da existência de um gestor ou não, há algumas dicas que podem ser seguidas em todos os casos em que se necessite a segurança para eventos corporativos. Continue lendo este artigo e conheça quais são elas!

1. Controle o acesso

É importante conhecer todas as pessoas que estão participando do seu evento.

Para isso, você deve controlar a entrada e saída de todos os participantes, conferindo seus documentos de identificação e seus convites. A existência de pessoas não convidadas pode representar um risco ao ambiente, por isso, é necessário garantir que apenas convidados estejam presentes.

2. Identifique participantes e colaboradores

Além de controlar o acesso de quem entra no evento, também se deve identificar todos os que estarão presentes.

Isso pode ser feito por meio de pulseiras ou crachás. As identificações devem, pelo menos, informar nome e sobrenome da pessoa e empresa à qual pertence. Essa ação não só será útil para que as pessoas se conheçam, como também permitirá identificar os participantes em caso de emergências.

3. Inspecione o local do evento

As características do local influenciam no mapeamento de riscos e na realização do plano de segurança.

Por isso, é necessário inspecionar o local previamente. Durante o procedimento, deverá ser avaliada a estrutura, sua resistência a intempéries e as condições de suas instalações elétricas e de gás.

Além disso, também se deve analisar o contexto em que o local se insere e se o seu entorno apresenta algum tipo de perigo aos participantes. Eventos em locais de entornos perigosos podem necessitar, por exemplo, de segurança extra nos estacionamentos e entradas.

4. Contrate uma equipe de segurança

Se você ou o local escolhido não contarem com uma equipe de segurança, será necessário contratar esse serviço.

Caso isso aconteça, você deverá tomar cuidados específicos na hora de contratar os fornecedores, analisando sua experiência e confiabilidade. Além disso, também é necessário avaliar se a equipe contratada é capaz de realizar um plano de segurança adequado, documento fundamental para que o evento ocorra sem incidentes.

5. Treine a equipe de segurança

Por outro lado, também pode acontecer que você ou o local já tenham à disposição uma equipe de segurança.

Nesse contexto, essa equipe deverá ser treinada na execução do plano de segurança do evento, garantindo que todos os profissionais estejam preparados para agir diante dos procedimentos determinados.

6. Tenha um plano de contingência

Em um evento, também podem acontecer indecentes como incêndios, vazamentos de gás e tumultos.

Nesses casos, é importante que o plano de segurança inclua um plano de contingência, a fim de evacuar os participantes com rapidez e segurança. As saídas de emergência também devem estar claramente identificadas, assim como os extintores de incêndio.

7. Contrate uma equipe de primeiros socorros

Os incidentes não são necessariamente causados por fatores externos.

Acidentes também podem ser ocasionados por objetos próprios do ambiente, participantes do evento podem passar mal e necessitar socorro médico. Por isso, é sempre bom contar com uma equipe de primeiros socorros e, se possível, serviço de ambulância.

8. Utilize tecnologia

A tecnologia é uma grande aliada da segurança privada.

Para agilizar e garantir mais qualidade à segurança do evento, é aconselhável fazer uso das soluções tecnológicas adequadas para cada situação. Elas vão permitir a criação de um ambiente seguro e confiável, sem, para isso, invadir a privacidade ou prejudicar a integridade dos participantes.

Para a detecção de metais, podem ser utilizados pórticos e raquetes, permitindo revistar as pessoas sem a necessidade de contatos interpessoais invasivos.

Já para a inspeção de mochilas, bolsas e malas, equipamentos de raio X podem ser uma boa opção. Eles vão permitir uma revista rápida e segura, evitando que objetos perigosos ou ilícitos sejam transportados para dentro do ambiente.

9. Garanta uma boa comunicação

A segurança para eventos também depende de que todos os participantes possam entender os procedimentos e ter suas necessidades atendidas.

Por isso, é aconselhável garantir que todas as pessoas presentes no evento se comuniquem com eficácia, independentemente do idioma ou de limitações físicas. É importante conhecer a lista de participantes, saber se alguém necessita tradução, aparelhos auditivos, comunicação em libras ou ajuda para movimentar-se.

Por outro lado, também se deve assegurar uma comunicação visual adequada, com indicações dos ambientes, entradas e saídas, rotas de fuga, banheiros, cafeteria etc. Assim, todos os participantes vão locomover pelo ambiente com segurança.

Organizar um evento corporativo depende de muitos fatores, e um deles é a segurança para eventos. Ao tratar de uma situação que influencia diretamente a imagem da empresa, é importante garantir que o ambiente seja seguro e esteja preparado para eventuais incidências e problemas.

Nesse sentido, é importante contar com um planejamento adequado, uma equipe bem-treinada e um local livre de riscos e preparado para emergências. Com esses quatro fatores, o seu evento será um sucesso e a sua empresa colherá os benefícios de ter garantido segurança e bem-estar aos seus convidados.

Este artigo foi útil para você? Assine a newsletter e receba os nossos conteúdos sobre segurança privada diretamente no seu e-mail!

Últimas Postagens